Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Utilização da Matemática para se descobrir informação relativa à idade das pessoas

Muitos são os casos de recreação matemática em que um qualquer interlocutor nosso, mais entusiasmado com questões de magia matemática, nos tenta colocar em situação de ele próprio descobrir um eventual número que estejamos a pensar. Conduzindo-nos por caminhos matematicamente bem experimentados, por norma costuma acertar na sua previsão, o que nos deixa com a curiosidade aguçada para percebermos como foi capaz de tão enigmática descoberta.

 

Os exemplos que trago para partilhar com os leitores prendem-se com a tentativa de descoberta de dados relativos à idade das pessoas.

 

1 - O primeiro exemplo pode ser o de alguém que tenha nascido a 12 de Agosto. Vamos, então, ver como poderemos facilmente descobrir esta data, munindo-nos, para tal, de uma simples máquina de calcular. Façamos as seguintes solicitações ao nosso interlocutor:

 

- escreva o dia do seu nascimento;

- duplique este número, isto é, multiplique-o por dois;

- multiplique o valor agora obtido por dez;

- adicione setenta e três unidades ao novo produto obtido;   

- multiplique este novo valor por cinco;

- adicione, por fim, o número relativo ao mês de nascimento. Que valor obteve?

 

Perante estas solicitações, o nosso interlocutor, se tivesse nascido no dia 12 de Agosto responderia no final o valor 1573.

 

Vejamos, agora, como é que a Matemática nos pode auxiliar a descobrir esta data de aniversário. A tabela seguinte evidencia o procedimento algébrico associado a cada passo da resolução da tarefa:

  

            Passos seguidos:

Notação matemática:

- escrever o dia de nascimento

d

- duplicar este número

2d

- multiplicar o valor agora obtido por dez

10 x 2d

- adicionar setenta e três unidades ao novo produto obtido

10 x 2d + 73

- multiplicar este novo valor por cinco

5 x (10 x 2d + 73)

- adicionar, por fim, o número relativo ao mês de nascimento

5 x (10 x 2d + 73) + m

  

Façamos, agora a respectiva interpretação algorítmica:

 

5 x (10 x 2d + 73) + m =

= 5 x (20d + 73) + m =

= 100d + 365 + m

 

Sabendo nós que o procedimento aritmético do nosso interlocutor resulta sempre nesta expressão algébrica, a única coisa que teremos de fazer é subtrair a quantidade 365 ao valor revelado por ele. Repare-se que a fórmula fica com o seguinte aspecto: 100d + 365 + m – 365 = 100d + m

 

Esta fórmula permite concluir que, subtraindo o valor 365 ao valor revelado pelo nosso interlocutor, obtém-se nas ordens das unidades de milhar e das centenas o valor do dia de nascimento, restando nas ordens das dezenas e das unidades o valor do mês respectivo.

  

No caso de o valor ser 1573, então o resultado final será: 1573 – 365 = 1208. Logo, terá nascido no dia doze de Agosto.

  

2 - Vejamos, agora, como é fácil descobrir a idade de uma pessoa. O exemplo pode ser de alguém que tenha 51 anos. Eis o que teremos de solicitar ao nosso interlocutor:

  

- multiplicar a idade por dois;

 - adicionar cinco unidades ao produto obtido;

 - multiplicar o resultado obtido por cinquenta;

 - subtrair o valor trezentos e sessenta e cinco ao valor agora obtido;

 - adicionar cento e quinze unidades e revelar o valor final.

 

 Analisemos o procedimento algébrico:

 

 

            Passos seguidos:

Notação matemática:

- multiplicar a idade por dois

2i

- adicionar cinco unidades ao produto obtido

2i + 5

- multiplicar o resultado obtido por cinquenta

50 x (2i + 5)

- subtrair o valor trezentos e sessenta e cinco ao valor agora obtido

50 x (2i + 5) - 365

- adicionar cento e quinze unidades e revelar o valor final

50 x (2i + 5) – 365 + 115

 

Eis a respectiva Interpretação algorítmica:

 

50 x (2i + 5) – 365 + 115 =

= 100i + 250 – 250 =

= 100i

 

Ora, no exemplo considerado de alguém com 51 anos, dar-nos-ia como resposta o valor 5100. Tal como no caso anterior, esta fórmula permite concluir que, conhecendo-se o valor final obtido pelo nosso interlocutor, nas ordens das unidades de milhar e das centenas, encontra-se logo a sua idade.

 

3 - Um terceiro exemplo permite não só descobrir o dia e o mês de aniversário, como também o ano de nascimento. Eis o que pedir ao nosso interlocutor:

 

- escrever o número relativo ao mês de nascimento;

- multiplicar este valor por quatro;

- adicionar treze unidades ao valor agora obtido;

- multiplicar por vinte e cinco a soma obtida;

- subtrair o valor duzentos;

- adicionar o dia de nascimento;

- multiplicar a soma agora obtida por dois;

- subtrair o valor quarenta;

- multiplicar este último valor obtido por cinquenta;

- adicionar os últimos dois dígitos do ano de nascimento e revelar o valor  obtido.

 

Qual será a exlicação matemática e o que é que teremos de fazer no final para descobrirmos a data de nascimento do nosso interlocutor?

publicado por Paulo Afonso às 23:05
link do artigo | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Cursinho Pré Vestibular Campinas a 8 de Maio de 2011 às 14:39
Muito bom! Uma forma de aprender que não cansa e ainda diverte!
De Ildefonso Alves a 12 de Agosto de 2013 às 10:01
Bom dia, gostaria de ter a interpretação algorítmica bem como os cálculos a fazer para chegar a conclusão do terceiro problema. Tentei de varias formas e não consigo.
De Lucas Rolin a 19 de Outubro de 2014 às 02:55
Amigo, foi só intuição, mas aqui em casa com as 3 datas que temos deu certo, os 2 primeiros dígitos você subtrai um com o outro (da no mês), o do meio soma a 5 (da na data),, e os dois últimos são o ano. Foi intuição então não sei se vai dar certo com você!

abraço...

Lucas Rolin...
De Lucas Rolin a 19 de Outubro de 2014 às 03:03
Continuando o anterior (por que eu esqueci) se der um número EX: 111475, isso foi uma data inventada para testar, 11-1/4+5/75, 11 -1 =10 mês, 4+5 = 9 o dia e 75 o ano.

testa aí...

abraços...

Lucas Rolin...

Comentar artigo

mais sobre mim

pesquisar

 

Traduzir Blog


Visitas ao segundo

artigos recentes

Teia numérica

Xavier e o pensamento alg...

Dos pares ordenados ao pe...

À procura de regularidade...

Dar sentido aos números

Conexões matemáticas envo...

Dízimas infinitas periódi...

Do Futebol à Matemática

Sequência numérica enigmá...

União de Blogs de Matemát...

Calendários escritos em d...

Relógios matemáticos

Números oblongos e invest...

Conexão matemática entre ...

Conexão matemática entre ...

Conexões matemáticas envo...

Problemas de lógica envol...

Sequências numéricas cont...

Magia matemática envolven...

Números figurados em disp...

Comunicar em Matemática

Xavier e a Magia Matemáti...

Somas cruzadas

Utilização da Matemática ...

Pentágonos em relação alg...

Das regularidades numéric...

Pensamento algébrico - à ...

De volta ao número nove

Cubos mágicos

Pirâmides numéricas

Conexões matemáticas entr...

Pontes geométricas - cone...

Hexágonos mágicos

Dependência numérica - um...

Kakuro e pensamento aritm...

Sudoku e comunicação mate...

Geometria algebrizada - o...

Problemas que desenvolvem...

Triângulos mágicos de 9 n...

Conexões matemáticas e pe...

Regularidades envolvendo ...

A Matemática nos truques ...

Padrões de repetição e pa...

Investigações matemáticas...

Operar com números pares

Análise numérica de padrõ...

Figuras mágicas e tarefas...

Um caso prático de número...

Dos problemas aos conceit...

Explorando o factorial do...

Prazer matemático

Cortesía de AoPS

palavras-chave

todas as tags

links

Traduzir


Get Your Own Scroller

Contador

Web Counter

Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Pessoas on-line

online

Publicidade

Este Blog é membro do União de Blogs de Matemática


"

MusicPlaylist